top of page
  • Foto do escritorBernard Gontier

Por exemplo


- Por exemplo – disse ele – temos três colheres nesta casa, mas somente esta é para a aveia. Você despeja o saquinho de aveia nesta xícara, quase até a metade, depois enche a xícara de leite, quase até a boca, daí coloca o açúcar, entendeu? Três colheres. Veja a colher de novo.


Ela disse:


- Bem, acho que você nunca participou de um site de relacionamentos, certo?


- Nunca – desferiu ele – decorou qual é a colher? Não haverá problema para distinguir xícaras, pois só existe uma. Na hora de dormir eu bato palmas três vezes e você aparece com a aveia.


A moça deu uma volta pelo apartamento enquanto ele organizava os talheres, assoviando. Ao retornar ela disse:


- E sexo?


- Vamos ver as toalhas – volveu ele – sexo é uma coisa muito particular. Ninguém deve se meter na vida dos outros. Agora, por exemplo, temos três toalhas, uma verde, uma azul com um periquito e uma bege desbotada. Ah, essa toalhinha é para ficar em cima da TV.


- Eu acho – disse ela – que você está um tanto equivocado.


- Não estou não – atalhou o homem, dobrando as toalhas – dobre aquela ali, preciso ver se você está apta.


Ela pôs a mão na cintura, olhou-o fixamente e então exclamou:


- Quer saber de uma coisa? Vá à merda! Estou indo embora!


Dito isso rodopiou sobre o próprio eixo e dirigiu-se à porta.


- Ei! Aqui não se fala palavrão – avisou ele – e depois, eu ia lhe pagar um salário.


Ela parou, voltou-se, e, ainda com a mão na cintura, indagou:


- Quantos dias da semana?


- Por exemplo – expôs ele – se forem segunda, quarta e sexta, você não precisa aparecer no sábado. Se forem terça, quinta e sábado, no sábado você dorme e vai embora no domingo, combinado?


- Antes ou depois do almoço?


- Isso não importa – esclareceu ele – aos domingos eu saio cedo e vagueio pelas ruas, praticamente como um fantasma.


(Imagem: Wassily Kandinsky, "Efeito Elemental", 1924)

41 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo

2 Comments


bethqueiroz1960
Nov 27, 2021

Ahhhh! E Kandinsky??, perfeito!

Like

bethqueiroz1960
Nov 27, 2021

Bernard, arrancou-me um sorriso com essa crônica mordaz! Adorei o título, que é instigante e se casa perfeitamente com a personalidade metódica e nonsense do indivíduo. Com certeza, ele tem TOC e nas caminhadas que faz, tem a exata noção de como não construir uma relação humana. Quantas vezes nos pegamos tendo atitudes que não fazem o menor sentido, automatizados pelo bombardeio diário da normose? Fiquei pensando em quantas pessoas optariam por uma solução dessas, se pudessem...Certa vez li uma reportagem sobre uma mulher que ganhava dinheiro indo à casa de homens solitários somente para se deitar ao lado deles e dormir. Quem sabe um deles é o personagem dessa crônica? Abraços e aplausos!

Like
bottom of page